Leia mais sobre o artigo Não existe ambiente neutro: ou ele contribui no bem-estar ou prejudica a sua saúde
destaque

Não existe ambiente neutro: ou ele contribui no bem-estar ou prejudica a sua saúde

Você sabia que o ambiente em que convivemos pode impactar em nosso bem-estar e saúde? Não? Então venha comigo! Além dos fatores genéticos e comportamentais de hábitos de vida, o meio ambiente em que vivemos também pode influenciar significativamente na qualidade de vida e longevidade, tais como o a poluição do ar, o excesso de ruídos, exposição a substâncias tóxicas, a distância de espaços verdes, a ausência de água potável, a baixa umidade do ar, condições de moradia inadequadas, trabalho exaustivo e sem vigilância em saúde do trabalhador, relacionamentos abusivos em diversas esferas, entre outros.

Continue lendoNão existe ambiente neutro: ou ele contribui no bem-estar ou prejudica a sua saúde

A importância do pré-natal odontológico no fortalecimento do Sistema Único de Saúde

  A importância do pré-natal odontológico na saúde pública Aretuza Lattanzi 12 de março de 2024 É provável que você já tenha ouvido falar na frase: “a saúde começa pela boca”,…

Continue lendoA importância do pré-natal odontológico no fortalecimento do Sistema Único de Saúde

Janeiro Branco: como a saúde mental pode impactar na saúde bucal

Você sabia que a saúde mental e a saúde bucal caminham juntas na promoção e manutenção da saúde integral? Casos de depressão e ansiedade explodiram em todo o mundo após a pandemia. Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) mais de 350 milhões de pessoas, considerando todas as idades, sofrem com essas condições. E o Brasil assume o ranking da ansiedade com 18,6 milhões de pessoas acometidas pelo transtorno. Pensa nas consequências na saúde bucal?

Continue lendoJaneiro Branco: como a saúde mental pode impactar na saúde bucal

15 pilares sobre como cultivar uma vida mais saudável em 2024

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS) e com o Ministério da saúde, estar saudável vai muito além da ausência de doenças, e envolve o pleno bem-estar físico, mental e social. Pensando em um conceito de saúde de forma mais abrangente e não reducionista, é possível perceber a sua relação com os determinantes sociais e com a qualidade de vida, e envolve também o bem-estar emocional e espiritual.

Continue lendo15 pilares sobre como cultivar uma vida mais saudável em 2024

Como manter o equilíbrio interior na era das distrações

O mundo contemporâneo tem nos afastado cada vez mais do nosso centro, portanto, reforço: em tempos de inteligência artificial, o autoconhecimento é a sua maior riqueza, pois é de fundamental importância se desconectar dos ruídos externos para não nos perdermos de quem realmente somos além de aumentar o estresse. É preciso estar atento. Hoje em dia o que as pessoas mais se queixam é de falta de tempo, experimente verificar quanto tempo você gasta nas redes sociais consumindo conteúdos que sugam a sua energia e levando você até a se questionar sobre a sua própria vida e valores. Fez sentido para você? Então, já parou para pensar que você poderia estar lendo aquele livro que você tem vontade, mas sempre diz que não tem tempo? Fazendo um curso que para você faz sentido? Ou até se cuidando durante a sua rotina.

Continue lendoComo manter o equilíbrio interior na era das distrações

Relações positivas no trabalho contribuem na diminuição do estresse e Burnout

Não existe ambiente neutro, ou ele contribui para o seu bem-estar ou ele contribui para lhe desgastar. E os impactos são acumulativos se não existir uma tomada de consciência e mudança de comportamento. Quem aí Já chegou em casa após um dia de trabalho se sentindo exausto e com a energia baixa, mesmo sem causa aparente de excesso de demandas? Bem-vindo ao grupo dos que já vivenciaram essa experiência e até tiveram complicações sérias de saúde por isso. O melhor de todos os mundos seria, obviamente, poder optar por outro trabalho, mas nem para todos isso é possível. E como identificar e se preservar, caso não seja possível mudar o local de trabalho? Seguem algumas sugestões:

Continue lendoRelações positivas no trabalho contribuem na diminuição do estresse e Burnout
Leia mais sobre o artigo O ritmo hipnótico das redes sociais: o impacto na saúde mental e nas relações sociais
destaque

O ritmo hipnótico das redes sociais: o impacto na saúde mental e nas relações sociais

O suicídio é uma realidade lamentável que impacta profundamente a sociedade. Segundo uma pesquisa realizada pela Organização Mundial da Saúde – OMS, em 2019, mais de 700 mil suicídios são notificados no mundo, sem contar os que não são notificados. No Brasil, são registrados aproximadamente 14 mil casos por ano, na média de 38 por dia. Sabe-se que a maioria dos casos de suicídio está relacionada com a saúde mental e a ausência de autoconhecimento, o que deveria ser disciplina obrigatória na educação. Questões de baixa autoestima, ausência de amor próprio, a busca desenfreada pelo reconhecimento e por se encaixar em padrões específicos que o mundo contemporâneo nos convida diariamente com as redes sociais são fatos que estão adoecendo o mundo e levando pessoas ao suicídio.

Continue lendoO ritmo hipnótico das redes sociais: o impacto na saúde mental e nas relações sociais
Leia mais sobre o artigo Agosto Dourado: Por que amamentar é tão importante? Entenda.
destaque

Agosto Dourado: Por que amamentar é tão importante? Entenda.

Instituído por Lei, o “Agosto Dourado” é uma campanha que incentiva o aleitamento materno por todo Brasil. Em outros países, a prática é lembrada pela Semana Mundial da Amamentação, que acontece entre os dias 1º e 7º de agosto. O leite materno é considerado o alimento mais saudável que existe, sendo rico em nutrientes como carboidratos, proteínas, minerais, vitaminas, gorduras, de fácil digestão, rico em anticorpos e ainda é capaz de hidratar. O Ministério da Saúde recomenda que, até os seis meses de vida, o bebê seja alimentado exclusivamente com o leite materno para ter um desenvolvimento saudável, o que implica na redução de até 63% das internações hospitalares. Contudo, o aleitamento pode ser estendido até os dois anos de idade. Entre os benefícios da amamentação, é possível destacar que o leite materno fortalece a imunidade; favorece o crescimento saudável; diminui o risco da criança desenvolver diabetes, hipertensão e obesidade; proteção contra alergias, infecções respiratórias e diarreias; e ajuda no desenvolvimento da orofacial do bebê devido ao ato de sucção. Além disso, promove o vínculo entre a mãe e o bebê. No caso da mãe, amamentar evita o aparecimento do câncer de mama. O leite humano é capaz de reduzir em até 13% a mortalidade de crianças menores de 5 anos por causas passíveis de serem evitadas. Com base nos dados acima apontados, o Ministério da Saúde ressalta que o leite materno é o melhor alimento para os recém-nascidos, pois promove além da proteção imunológica, o desenvolvimento afetivo e psicológico entre mãe e filho. Um mundo mais saudável e afetivo é possível! Vamos juntos apoiar este movimento? Beijos de luz. Com amor, Aretuza Lattanzi

Continue lendoAgosto Dourado: Por que amamentar é tão importante? Entenda.
Leia mais sobre o artigo Você já ouviu falar sobre o conceito de “slowphone”?
Destaque

Você já ouviu falar sobre o conceito de “slowphone”?

“Slowphone” é um movimento que surgiu desde 2020 com o intuito de disseminar o uso sustentável e saudável das tecnologias, uma vez que o exagerado uso do celular e a presença de campos magnéticos aumentaram exponencialmente nos últimos anos, o que tem afetado a vida das pessoas em diversas esferas. Em apoio à filosofia de utilizar o telefone com mais consciência e menos frequência com o objetivo de promover saúde e levar mais produtividade para a vida das pessoas, a Coluna Luz e Sorrisos vem trazer um conteúdo especial para você, prezado leitor.

Continue lendoVocê já ouviu falar sobre o conceito de “slowphone”?

De onde vem a sensação de vazio existencial? Entenda

O vazio existencial se manifesta em consequência de viver uma vida incongruente e sem sentido. Mas, por que isso acontece? A resposta é clara e objetiva: falta de autoconhecimento. Sabe aquela frase que diz: ou vem pelo amor ou pela dor? Pois é, na maioria das vezes, as pessoas só buscam o autoconhecimento quando estão em estado avançado de depressão, mas também vale citar aquelas que cometem o suicídio e perdem suas vidas sem terem a oportunidade de se autoconhecer e mudar o rumo da sua história.

Continue lendoDe onde vem a sensação de vazio existencial? Entenda